sexta-feira, março 25, 2005

Desejos de uma ardilha sem fulgor

"Me recuso a te pegar quando pra sair composta
mas aceito ir de pijamas se é pra ser de madrugada
Da mesma forma não te quero num beijo só de rotina imposta
mas devolvo um palmo e meio pra cada fita em grau vazada
Pra mandar cartão postal de um moinho que passou,
rasgo mas guardo
Pra levar daqui a calma que absorve anel robô
atiro mas marco
Quero mais, ocultar por noite adentro
fica mais, me derrama o teu tormento
ouço tudo; e te opino se quiser
ou silencio e te aninho, em busca de ser mais mulher
Se é pra gritar, que seja correndo na grama
pra analisar, só se for lado bom em varanda
Pra ser tudo, transborda meus poros com pólen
deixa mudo, calafrio com tristeza que some
Ri comigo se o hoje é sem jeito
choro surdo e machuco defeito
Canta junto um cordel sem arpejo
e acha em piscar cheiro fresco
Me mostra um Almodóvar em cristal de maresia
e discute daltonismo em palavra e sintonia
Bom dia.
Não me canso, e chego perto, e não sei mais
não acho tarde pra arrancar você de um fá
Vou pactuar com borboleta em véu de fogo
pra me levar pra dentro aí no teu encosto
E ver se vê em vivo amigo um vinho tinto
e saber se vem comigo e o que se passa
Ouvir se pensa nisso tudo e não foi dito
provar sem te saber furor de graça"

*Gostou? Concorda? Tá...casa comigo então?

8 comentários:

Tiago disse...

Aaaaaaaaai! Socooooooorro! Assim n dá pra comentar tudo, né, mulé?! Vamo ter calma aê!

Tiago disse...

Aaaaaaaaai! Socooooooorro! Assim n dá pra comentar tudo, né, mulé?! Vamo ter calma aê!

Um Louco qualquer... disse...

*
Gostou?
Muito, é perfeito.

Concorda?
Com cada letra, verso, rima, sensação, loucura, carinho, consistência, divagação...e até com simples "Boa Dia"...

Tá...casa comigo então?
16:00 ? (com metade da compra inicial em Toddy...). Pode ser? (mas sem analisar muito...que analisemos o lado Bom da varanda)

Tiago disse...

Menina do céu! Dá-lhe Rubia, arrazando corações. Quero convites pro casamento. Aliás não aceito menos do que ser padrinho. Muita pretensão, né? Tá bom... Então, eu me contento em celebrar o casamento. Hehehe!

Óa, brigado pelos parabés, binha. Foi o mais original sem sombra de dúvidas. Juro q se eu ouvisse mais alguem me desejar saúde, paz e felicidade, me jogava pela janela.

O mesmo Louco... disse...

Tiago, hoje o mundo está moderno, ocorre bigamia em vários lugares do mundo! Eu não tenho ciúmes não...HeHeHe
O poema foi escrito para você mas eu tinha que comentar entende?(embora eu não saiba até que ponto eu sabia que era para você, mas desconfiava).
Sem contar que tem aquela questão: existem vários quadros e tantas maneiras de se ver um mesmo quadro...ou mais especificamente neste caso...se uma pessoa admira quadros surreais, qualquer novo quadro que tenha uns rabiscos estranhos lhe parecerá surreal, entende?
*comentário extra: Rubia, por mais que você tivesse escrito com um alvo na cabeça, ainda que inconscientemente, você não queria gerar um quadro de apenas uma interpretação(repito: nem que seja inconscientemente).

Um abraço pros dois!

E Feliz Páscoa!

(In)sana sem cama disse...

Roberto, oq o Tigo disse é sobre um poema q coloquei como comment lá no blog dele, de aniversario...esse q postei aqui n foi pra ele naum^^
daqui a 2 semanas volto p conversar +...bjoooooooooooos!

Tiago disse...

Ih, meu, ó o cara... Eu e binha somos amigos e nem podemos ser mais do q isso, fora q tem bem uns mil km separando a gente... Don't worry, man. Be cool. Agora esse lance de bigamia, como é q funciona? Menage a trois? N sei, tenho q pensar...

Um Louco disse...

I Am Cool! (filme muito bom)

Ménage a Trois só faço se for feminino ;)
(posso até mudar de idéia um dia...a vida é muito loka, imprevisível...mas demooora hehe)