sexta-feira, abril 29, 2005

Redenção

"Sei que só sou morte quando em terço
pois metade é muita coisa e não me cabe
mas como mostrar flor em campo ao vento
se fingindo o livro tranca e não se abre?

Chave-mestra disponível e em espera
já cansada da areia que encobriu
outro tempo, como que em outra esfera
fuso horário estacionado em abril

Quanta falta faz não ter o que não tenho
ou então me contentar com sonolência
não me julgo ainda assim disposta a sê-lo

Mas confesso que aceito se essa vida
resolver presentear com nova festa
e retorno com mais branco e poesia"

5 comentários:

*[Escorpião]* disse...

"chave mestra disponível e em espera"
Bom saber! E como que pega a chave?

"se essa vida
resolver presentear com nova festa"

SE...SE...SE...
A vida é vilã, cherry...


(e substitua sonolência por sonho real...não todo dia, mas quando rola são 8 horas de sonho lúcido direto...talvez visitando Vênus ou mesmo um café em Paris?)

*[Escorpião]* disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
*[Escorpião]* disse...

*OBSTINATION detected. . .

level = highly obsessive

error detected. . .
correct level = extra highly obsessive

(In)sana sem cama disse...

q comment eh esse deletado?o.O
como se pega a chave?é preciso descobrir onde fica a porta, ter paciencia com a casa e cuidar pra que o jardim não padeça...e não roubar a torta de maçã esfriando na janela. só isso

*[Escorpião]* disse...

O comment saiu errado..dai deletei e pus o terceiro...



Mas então...
Eu topo.
Vamos ver..paciência vc sabe se eu tenho ou não, e quanto.

Eu não descobri onde fica a porta?

Olha, contratar jardineiro todo santo dia custa mais caro que a gente pode pagar...sem contar que a maioria tem o cortador cego, não tem senso estético.
Sou ocupado...mas sou um excelente jardineiro ;)

Mas e se um jardineiro incompetente da vida roubar a torta?(e dizer que comprou...mau jardineiro mas bom ator) =(
Já disse. Não confio nesta senhora chamada Vida, ela vive me pregando peças..vc sabe. =~~~