quarta-feira, julho 13, 2005

Português novo

"só idéias desconexas
e vinho barato.
Como adoro me mentir que não te amo."

2 comentários:

(In)sana sem cama disse...

vou continuar com os comments por mail/orkut/etc extra-blog
***

estou impressionada.. Menina,quem é você? Que ainda tão menina já sabe tanto dizer... como se a alma ainda chegante, já soubesse tudo que há por dentro.

Você é surpreendente. Maravilhosa.
Quando Deus a fez era aniversário da poesia, e Ele te deu ao mundo de presente!

Cheiro
KK
(Cássia)
***
Ah! Acho bem interessante a maioria dos seus jogos de palavras ( esqueci o nome desse "jogo de palavra" )
E também acho muito interessante seus textos "desenhados"! ( como o "Cimentismo Primeiro" e o "Erro" )


Acho que é isso...
Espero que continue escrevendo como você escreve ;D

Beijos
(Garoto)
***
Rubia das rimas doces
A poesia da Rubia continua leve, fácil de trafegar. Gosto do jeito suave como ela percorre o caminho das palavras e deixa perfume por onde passa.
O problema é que ela só tem aparecido de vez em quando, permitindo que o vazio invada e empobreça o espaço que reservamos para ela...
Mas, há compensações. Quando ela aparece, fica assim, azul e cheiroso.
(Professor Luiz)
***
ps:agora acho q jpa coloquei esses e esqueci de marcar...foi mal=T

(In)sana sem cama disse...

realmente, eu sou arrogante pra caramba. humpf.