quarta-feira, julho 13, 2005

Flash!

"Um gato que passa,
um casal que vai na boca,
o verde ali parado,
o céu de ontem,
o cigarro queimando,
os carros e seus faróis,
e eu aqui jogando mais idéias fora.
outra noite comum."

2 comentários:

(In)sana sem cama disse...

seus poemas são muito bons, parabéns!!!!!
beijos!
(Fabio)
***
Coragem, Rubia. Afinal, poesia é fragmento de alma e de mundo, feito para circular, a fim de que as coisas se tornem mais leves e as faltas menos agudas... Guardar para si mesmo pode até ser uma fase, mas entregá-la ao mundo me parece que é preciso, a fim de que ganhe vida própria... Vc não acha?***
Assim como o 'Professor Luiz' (do qual desconhço procedência e ídole) venho por meio de suas poesias! Gostei do que escreveu no Poesias e letras e, por isso, adiciono-te!
***

(In)sana sem cama disse...

Gostei do q vc escreveu, Rubia. Especialmente quando sua poesia se solta, pois em vc me pareceu q a rima te amarra um pouco. Vc tem futuro, garota (pelo menos entre nós, ehehe). É incrível o que algumas palavras, reunidas a algumas outras, podem fazer com as pessoas e as relações!...
(Professor Luiz)