domingo, julho 03, 2005

Já tão nunca

"Eu de brisa,
antes fosse papel
pra me amassar."

Um comentário:

*[Escorpião]* disse...

Ah...qdo li este, já havia comentado o "solidão à dois" no taberna menestérica...